Todos debaixo do Pecado

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011 1 comentários



Todos debaixo do Pecado

O texto base para nosso assunto encontra-se em Romanos 3:9-20, que diz:

“Pois quê? Somos melhores do que eles? De maneira nenhuma, pois já demonstramos que, tanto judeus como gregos, todos estão debaixo do pecado; como está escrito: Não há justo, nem sequer um. Não há quem entenda; não há quem busque a Deus. Todos se extraviaram; juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só. A sua garganta é um sepulcro aberto; com as suas línguas tratam enganosamente; peçonha de áspides está debaixo dos seus lábios; a sua boca está cheia de maldição e amargura. Os seus pés são ligeiros para derramar sangue. Nos seus caminhos há destruição e miséria; e não conheceram o caminho da paz.”

Vale a pena frisar que não devemos ler a Bíblia apenas em pedaços separados para tirarmos conclusões precipitadas, sejam elas quais forem. Uma lida no capítulo todo é sempre boa para da uma noção mais ampla de tudo. O livro de Romanos é muito bom para tomarmos consciência de como é a nossa natureza e nos ensinar Onde devemos firmar nossa Fé.

É através da Lei que entendemos quem somos, enxergamos qual é a nossa real situação perante Deus. Se conseguirmos perceber o Amor de Deus nisso tudo, fica muito mais fácil sentir-se arrependido de tudo que somos e mudar para tudo que seremos em Cristo Jesus. O problema é que tem pessoas que pensam ser alguma coisa, apenas por ter uma vida “menos errada” que a dos outros. Ninguém gosta de ser comparado (ou dizer que ele é igual) àquele que está preso, um ladrão, assassino, estuprador, etc. Perante Deus, estamos todos errados, somos todos pecadores. Se é para cumprir a Lei, todas têm de ser cumpridas, sem exceção de nenhuma (Lei de Deus pra com o Homem). Não adianta cumprir 9 e deixar de cumprir 1. Quem faz isso é tão errado quanto aquele que comete 9 e cumpre 1. Se formos olhar lá para Adão, ele só tinha uma “Lei”: não comer da Árvore da Ciência do bem e do mal. Mas, mesmo assim, ele não conseguiu cumprir. Assim o pecado foi introduzido no mundo, fazendo o estrago que fez.

“Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida. Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um, muitos serão feitos justos” [Rm 5:18-19] - E tem pessoas que ainda falam que Deus é radical. Vai entender.

Jesus disse assim: “Não cuides que eu não hei de acusar vocês perante o Pai. Há um que vos acusa, Moisés em quem Vós esperareis” [João 5:45]. Moisés, neste caso, representa a Lei (porque foi ele quem a escreveu e passou para Israel), mas Jesus dizia isso para que os Judeus enxergassem que, perante a Lei que foi dada aos homens, nenhum, nenhum sequer, se salvaria. Parafraseando: “Sai da Lei, Israel! Vem pra Graça (representada por Jesus). Pois, assim, não tenho nada para lhes acusar diante do Pai. A morte da Lei é o Amor. Fica, pois, comigo, que Eu vou obedecer por vós tudo o que o Pai colocou diante todos os homens.”.

Separando um pouco Jesus de Deus (mas lembre-se sempre: Jesus e Deus É a mesma “pessoa”), quando Ele diz para sairmos da Lei, está fazendo referência a tudo quanto Deus nos instruiu a fazer e não conseguimos. A Lei pede de nós algo que não temos; nos cobra um fardo pesado. Mas o Fardo de Jesus é leve, é Graça, é totalmente ao contrário da Lei. A Graça é dada a quem não merece (todos nós).

Então, vamos nós esquecer a Lei? De modo algum! A Lei é boa e santa, como está escrito. Devemos nos esforçar para andar certinho perante Deus. Mas, como estamos em carne, se porventura eu, você ou seja lá quem for, cometer algum erro, corre pra Deus, confessa e pede o Perdão. Não importa qual é o pecado que já cometemos, estamos cometendo ou iremos cometer, Jesus já pagou no Calvário. O importante é levantar a cabeça e continuar no Caminho, que é Cristo. Assim seremos Bem-Aventurados.

Mais à frente, complementando esse tema, falaremos sobre: Quem é de Deus não peca.

Paz!

Por: Igor Luis

1 comentários:

  • rene alvarez disse...

    Pedir perdão de que?..Ele me fez JUSTIÇA DE DEUS....tenho que pedir perdão aos homens...quando peço perdão à Deus..estou confessando minha incredulidade no sacrificio de Jesus.....chocado?..normal.....mas....pense com calma no que vc acabou de ler..fica na paz.

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Lutando com Deus | LcD